Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Certificação Digital Nacional - Revista Expansão

Publicado: Segunda, 08 de Julho de 2019, 11h29 | Última atualização em Segunda, 08 de Julho de 2019, 12h19 | Acessos: 27

entrevista

Diretor-presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação esclarece dúvidas sobre o assunto

A CDL NH realizou o primeiro Café da Manhã dos Contadores de 2019 e Sala do Empreendedor. Para esses dois eventos, respectivamente, foram convidados Marcelo Buz, diretor-presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), vinculado à Casa Civil da Presidência da República, e a secretária de desenvolvimento econômico de Novo Hamburgo, Paraskevi Bessa Rodrigues. Aliás, empossado desde janeiro, Buz fala com exclusividade à Expansão sobre o processo de certificação digital do qual é responsável.

O que é o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) e como é seu funcionamento?

O ITI é uma autarquia especial vinculada à Casa Civil da Presidência da República, cuja função é fiscalizar, auditar e credenciar a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), além de operar a Autoridade Certificadora-Raiz e fomentar os padrões criptográficos oficiais brasileiros. Somos um corpo de servidores altamente especializado e técnico.

A Certifi cação Digital é considerado um dos grandes projetos do ITI. Como está sendo essa implantação?

Em 2019, a ICP-Brasil completa 18 anos. Estamos alcançando a maturidade e preparando os próximos passos para futuro, em que nossa nação será altamente digitalizada. No que tange à identificação e assinatura digital, o caminho mais seguro e eficaz é o Certificado Digital ICP-Brasil. Esse documento funciona como uma identidade virtual que garante segurança às transações e trocas de informações pela internet.

Tem sido registrado crescimento na adesão da certificação digital?

Neste ano, estamos acumulando 35% de crescimento em comparação com o mesmo período do ano passado (janeiro a abril). São números fantásticos e animadores! Prevejo crescimento ainda maior para o segundo semestre.

Quais são as garantias da certificação digital?

O certificado digital ICP-Brasil garante autenticidade, não-repúdio, integridade, confidencialidade. São atributos que, em conjunto, apenas o Certificado Digital ICP-Brasil oferece em nosso país. Atos e identificações digitais realizados por certificado digital apresentam plena validade jurídica e não podem ser repudiados.

E quais os serviços que tem a garantia digital?

São muitos! Temos exemplos na Receita Federal, Polícia Federal, Ibama. Notas fiscais e diplomas universitários também podem ser emitidos eletronicamente com a segurança do certificado digital. Vale lembrar que o certificado digital ICP-Brasil é a única tecnologia que permite a assinatura digital com as mesmas garantias legais encontradas em um documento impresso, assinado e com firma reconhecida.

Em todos esses processos, quais são as vantagens da assinatura digital?

Essa robusta tecnologia foi desenvolvida para aproximar cidadãos, empresas e governo com legalidade, comodidade, economia, segurança e fraude zero. Tudo isso de forma simples, eficiente, econômica, sem burocracia, sem deslocamento a um local físico e, acima de tudo, com segurança.

“ O governo Bolsonaro tem, como um dos grandes legados a deixar, a digitalização dos serviços públicos e criação de ambiente para uma economia mais dinâmica e competitiva. ”

O que é a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil)?

A ICP-Brasil é uma cadeia hierárquica de confiança que, a partir de um conjunto de requisitos físicos e lógicos, viabiliza a emissão de certificados digitais. O modelo de infraestrutura de chaves públicas adotado pelo Brasil é ímpar e se destaca no cenário internacional por apresentar uma autoridade de certificação raiz única (AC-Raiz), operada pelo ITI.

Qual será o legado desse processo de digitalização?

Dentro da ideia de desburocratizar e tornar o Brasil mais leve. O governo Bolsonaro tem, como um dos grandes legados a deixar, a digitalização dos serviços públicos e criação de ambiente para uma economia mais dinâmica e competitiva. Nesse cenário, garantir a segurança da identificação das pessoas em meios digitais é condição “sine qua non”.

Revista Expansão - https://expansaors.com.br/

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página